Esta a visualizar Beleza, Ser mulher, e / ou outros artigos relacionados com a sua pesquisa por Como provocar um aborto. Descubra as suas plantas com Ser mulher monte de vênus volumoso fotos,corrimento gelatinoso,Simpatias para saber se esta gravida,clisteres,furunculo na vagina,cid histerectomia abdominal total,camisinha feminina muco e vasectomia,corrimento gelatinoso amarelado,mulheres com cabelo na cona,flora cocacea moderada.

30Nov
-0001
0
A-gramática-do-aborto

Abortos não médicos

Nas mãos de um médico experiente, e nas condições de esterilização de um hospital ou de uma sala de operações, um aborto é um processo cirúrgico relativamente seguro. Porém, existem muitos métodos de aborto não médicos que são usados ilegalmente. Estes são perigosos, ineficazes e baseiam-se apenas em histórias de comadres. Deve lembrar-se que: Não […]

30Nov
-0001
0
at the doctor's office - doctor and patient

O que devo fazer após o aborto?

Repousar o resto do dia após o aborto e não empreender exercício físico extenuante durante o mínimo de três dias; Esteja atenta, a excessiva hemorragia, vómitos, febre, corrimento vaginal desagradável ou fortes dores abdominais, e informe imediatamente o seu médico; Não use tampões nem faça duches durante duas ou três semanas após o aborto; Pode […]

30Nov
-0001
0
6442

Aborto por amniocentese (salina ou prostaglandina): (15-24 semanas de gravidez)

Como único método que exige o trabalho de parto, o aborto por amniocentese deve ser efectuado num hospital. A salina (soluto de cloreto de sódio concentrado) ou a prostaglandina (uma hormona) é injectada no saco amniótico que rodeia o feto e isto provoca o parto prematuro. Ser-lhe-á dada uma anestesia local antes de lhe colocarem […]

30Nov
-0001
0
aborto1

Aborto por dilatação e evacuação (D e E): (13-24 semanas de gravidez)

Idêntico ao aborto por vácuo, é normalmente efectuado para uma gravidez mais avançada, com anestesia local. Para além das varetas de dilatação e da bomba de sucção, são usados outros instrumentos cirúrgicos para retirar o tecido fetal e placentário, e são ministrados medicamentos para depois ajudar o útero a contrair-se. Este processo leva cerca de […]

30Nov
-0001
0
0450

Dilatação e curetagem (D e C): (até 12-16 semanas de gravidez)

Neste processo, o útero é dilatado com varetas, sob anestesia, como para o aborto por sucção, e são usadas curetas (estreitas varetas de metal com extremidades pontiagudas em forma de colher) para raspar o revestimento do útero. Este processo leva 10-20 minutos e a recuperação é idêntica à do aborto por sucção. Eventualmente pode verificar-se […]

30Nov
-0001
0
materia-o9

Se já tive um aborto espontâneo, é provável que se repita?

As estatísticas sobre o aborto espontâneo são muito encorajadoras. Em traços gerais, três quartos das mulheres que correm o perigo de abortar têm um bebé saudável e normal. Cerca de um quarto abortam espontaneamente porque têm um embrião deformado e no máximo 5 em 100 têm abortos subsequentes por ambos os motivos.